Please use this identifier to cite or link to this item: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/6605
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSouki, Léa Guimarães-
dc.contributor.authorSoares, Grazielle Mendes-
dc.date.accessioned2013-09-05T18:33:57Z-
dc.date.available2013-09-05T18:33:57Z-
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.citationSOARES, Grazielle Mendes. Cidadania Online: o papel das novas tecnologias de informação e comunicação na ampliação do acesso à participação popular no legislativo mineiro. 2013. 141 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontífica Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.pt_BR
dc.identifier.other67943-
dc.identifier.urihttps://dspace.almg.gov.br/handle/11037/6605-
dc.descriptionDissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontífica Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizontept_BR
dc.description.abstractO objetivo desta pesquisa é discutir o potencial dos canais digitais de interlocução do legislativo mineiro com a sociedade, em ampliar o escopo da cidadania, por meio do fomento à participação popular nos seus processos de debate e decisão. Para isso, foi adotada uma metodologia qualitativa, que combinou a análise descritiva de dados, com entrevistas semi-estruturadas e um estudo de caso. Uma das quatro consultas públicas virtuais realizadas pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais, entre 2009 e 2011, foi escolhida como objeto empírico e seus dados classificados em estatísticas, de acordo com o perfil dos seus participantes. Paralelamente, foi realizada uma série de entrevistas com dirigentes e um deputado do parlamento estadual sobre as apostas nesse novo tipo de mecanismo de participação política. Por último, foi feita uma pesquisa de campo em um dos grupos mais atuantes das consultas públicas da ALMG: a comunidade de Xonin de Cima, distrito de Governador Valadares, que enviou quase metade das propostas do interior de Minas. A intenção foi investigar se as informações coletadas confirmariam ou confrontariam as duas principais expectativas depositadas pelo legislativo mineiro na participação digital: a primeira é de que a internet permitiria a inclusão de moradores de cidades mais distantes da sede do parlamento e a segunda, de que atrairia os cidadãos comuns, ou seja, sem vínculos com entidades, associações e sindicatos. A análise das estatísticas reunidas na consulta pública revelou que, ao contrário do esperado pela Assembléia de Minas, a maior parte dos participantes do novo mecanismo de interlocução se registrou como sendo de Belo Horizonte e Região Metropolitana e vinculada à sociedade civil organizada. Já os relatos dos moradores e a história de mobilização de Xonin de Cima ajudaram a relativizar as conclusões sobre o potencial desses novos instrumentos de participação popular e mostraram que há outros aspectos relevantes a serem considerados, como uma cultura política anterior e a motivação para se apropriar desses mecanismos. A discussão está fundamentada na teoria democrática e conceitos como democracia participativa, democracia eletrônica e cidadania online.pt_BR
dc.languagePortuguês (Brasil)pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectPoder legislativo - Inovação tecnológicapt_BR
dc.subjectDemocraciapt_BR
dc.titleCidadania online : o papel das novas tecnologias de informação e comunicação na ampliação do acesso à participação popular no legislativo mineiropt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.publisher.placeBelo Horizontept_BR
dc.identifier.classification342.52:6(815.1)pt_BR
dc.subject.planningPolíticapt_BR
dc.subject.planningCiência, tecnologia e inovaçãopt_BR
Appears in Collections:Assembleia Legislativa (Memória)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
6605.pdfCidadania Online: o papel das novas tecnologias de informação e comunicação na ampliação do acesso à participação popular no legislativo mineiro1,46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.