Please use this identifier to cite or link to this item: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/5303
metadata.dc.type: Artigo
Title: Mídia, opinião pública e legitimidade democrática
Authors: Amorim, Ana Paola
metadata.dc.publisher.place: Belo Horizonte
Publisher: Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Issue Date: 2012
metadata.dc.relation.ispartof: Cadernos da Escola do Legislativo
Citation: AMORIM, Ana Paola. Mídia, opinião pública e legitimidade democrática. Cadernos da Escola do Legislativo, Belo Horizonte: Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, v. 14, n. 22, p. 115-139, jul./dez. 2012.
Abstract: Discute-se o papel político da mídia na organização da vida democrática a partir da constatação do declínio da legitimidade de instituições eleitorais representativas, que põem em evidência outras formas de legitimidade democrática. Uma premissa adotada é a de que pensar o papel da mídia numa ordem política democrática passa, obrigatoriamente, por refletir sua relação com um processo de democratização da opinião pública, o que reforça um papel político que nem sempre é admitido pela própria mídia, que, seguindo um modelo liberal, busca se legitimar a partir de uma noção de imparcialidade e independência em relação à política. Para isso, são mobilizadas questões de fundo em torno do tema da comunicação e política, incorporando os fundamentos filosóficos do republicanismo como possibilidade de se construirem respostas aos impasses identificados no centro da teoria liberal. A ideia é discutir não só o papel da mídia nos sistemas políticos, mas também questionar os próprios princípios que organizam a relação entre os dois sistemas, trazendo a discussão para repensar o conceito de público, seguindo uma dimensão discursiva da democracia.
metadata.dc.description.translated: This article aims at discussing the political role of the media in the organization of democratic life in face of the perceived legitimacy decline of representative electoral institutes, which brings prominence to other forms of democratic legitimacy. One of the assumptions espoused herein is that to think on the role of the media in a democratic political order is to delve on its relationship to a process of public opinion democratization, which reinforces a political role not always accepted by the media themselves who, accordingly to a liberal model, searches for legitimacy based on the notion of impartiality and independence with respect to politics. For that purpose, background issues on the theme of communication and politics are set out, incorporating the philosophical bases of Republicanism as a possibility of building solutions to impasses identified in the core of the liberal theory. The intention is not only to discuss the role of the media in the political systems, but also to challenge the very principles organizing the relationship between media and politics, in order to rethink the concept of “public” (in opposition to “private”) within a discursive dimension of democracy.
Keywords: Meios de comunicação
Opinião pública
Democracia
Comunicação em política
Liberalismo
metadata.dc.subject.planning: Comunicação
ISSN: 1676-8450
metadata.dc.identifier.other: 67120
URI: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/5303
metadata.dc.identifier.classification: 32(05)
metadata.dc.language: Português (Brasil)
Appears in Collections:Cadernos da Escola do Legislativo, v. 14, n. 22, jul./dez. 2012
Comunicação (Memória)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
5303.pdfMídia, opinião pública e legitimidade democrática197,84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.