Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/26485
Tipo: Artigo
Título: O processo de institucionalização da participação na Câmara Municipal de São Paulo: uma análise das audiências públicas do orçamento (1990-2010)
Autor(es): Brelàz, Gabriela de
Alves, Mário Aquino
Local: Rio de Janeiro
Editora: Fundação Getúlio Vargas
Data do documento: 2013
Está contido: Revista de Administração Pública
Notas: Em respeito à legislação sobre direitos autorais, o acesso aos arquivos é restrito ao público interno da Assembleia Legislativa, por meio de login e senha.
Citação: BRELÀZ, Gabriela de; ALVES, Mário Aquino. O processo de institucionalização da participação na Câmara Municipal de São Paulo: uma análise das audiências públicas do orçamento (1990-2010). Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro , v.47, n.4, p. 803-826, jul./ago. 2013.
Resumo: Este artigo discute o processo de institucionalização da participação da sociedade civil na Câmara Municipal de São Paulo (CMSP) nas audiências públicas do orçamento de 1990 a 2010 pela abordagem institucional das organizações, enfatizando microfundações e explicações culturais e cognitivas. Identificam-se sistemas autopoiéticos: Poder Legislativo, Poder Executivo, sociedade civil e burocracia da CMSP e variáveis regulativas, normativas e cultural-cognitivas no processo. Conclui-se que, apesar de institucionalizada, a participação na CMSP encontra limitações normativas e cultural-cognitivas que moldam a participação de acordo com padrões de conduta existentes na interação entre parlamentar e sociedade, sedimentando o clientelismo orçamentário.
Resumo em outro idioma: Este artículo aborda el proceso de institucionalización de la participación de la sociedad civil en la Cámara Municipal de San Pablo (CMSP) en las audiencias del presupuesto de 1990 a 2010 bajo la mirada del institucionalismo en la teoría de las organizaciones, com enfasis en los microfundamentos y en explicaciones culturales y cognitivas. Son identificados sistemas autopoiéticos: poder legislativo, poder ejecutivo, sociedad civil y la burocracia de la CMSP y variables normativas, regulativas culturales-cognitivas em el proceso. Llegamos a la conclusion de que a pesar de institucionalizada, la participación em la CMSP encuentra limitaciones normativas y culturales-cognitivos que dan forma a la participación, de acuerdo com padrones de conducta existentes en la interacción entre el parlamentar y la sociedad, sedimentando el clientelismo orçamentário.
Assunto: São Paulo (SP). Câmara Municipal
Participação política - São Paulo (SP)
ISSN: 1982-3134
URI: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/26485
Idioma: Português (Brasil)
Aparece nas coleções:Produção acadêmica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
15. Desenhos de participação - Brelaz.pdf15. Desenhos de participação - Brelaz627,43 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.