Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/22518
Idioma: Português (Brasil)
Forma: Artigo
Título: Resistência a mudanças no serviço público: a visão da área de treinamento e desenvolvimento de pessoas
Autor(es): Silva, Lucas Fernandes
Miranda, Roberto Campos da Rocha
Local: Belo Horizonte
Editora: Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Data do documento: 2016
Citação: SILVA, Lucas Fernandes da; MIRANDA, Roberto Campos da Rocha. Resistência a mudanças no serviço público: a visão da área de treinamento e desenvolvimento de pessoas. Cadernos da Escola do Legislativo, Belo Horizonte, v.18, n.29, p.179-210, jan./jun. 2016.
Resumo: Esta pesquisa visa identificar e listar os principais fatores que tendem a impactar a resistência a mudanças no serviço público, utilizando-se de uma pesquisa conduzida no Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor) da Câmara dos Deputados sob a ótica da gestão de pessoas, particularmente na percepção de profissionais de treinamento, capacitação e formação. A metodologia envolve a realização de entrevistas com os profissionais de gestão de pessoas e a consolidação de sugestões sobre possíveis ações para minorar a resistência do servidor a mudanças, tomando-se por base a literatura sobre o assunto e verificando-se se esses conceitos se aplicam à realidade do órgão. Os resultados apontaram que muitas das teorias foram verificadas no cotidiano organizacional da instituição, bem como proporcionaram novas constatações sobre resistências a mudanças, especificamente no serviço público, permitindo-se, dessa maneira, o estudo e o desenvolvimento de novas políticas de gestão relevantes para o meio profissional público e a extinção de práticas pouco ou nada construtivas que o permeiam.
Resumo em outro idioma: Esta investigación tiene como objetivo identificar y enumerar los principales factores que tienden a afectar la resistencia al cambio en el servicio público, mediante una encuesta realizada en el Centro de Formación, Capacitación y Mejoramiento (Cefor) de la Cámara de Representantes desde la perspectiva de la gestión de personas , sobre todo en la percepción de los profesionales de formación, capacitación y educación. La metodología consiste en la realización de entrevistas con profesionales de la gestión de personas y la consolidación de sugerencias sobre posibles acciones para disminuir la resistencia a los cambios en el servidor, tomando como base la literatura sobre el tema y asegurarse de que estos conceptos se aplican en la realidad el órgano. Los resultados mostraron que muchas de las teorías eran su institución organizativa de la vida diaria, así como proporcionadas nuevos hallazgos sobre la resistencia al cambio, específicamente en el servicio público, permitiéndose de esta manera, el estudio y el desarrollo de nuevas políticas de gestión pertinentes para la a través de público profesional y la extinción de las prácticas poco o nada de la construcción que impregnan ella.
Assunto: Gestão de pessoas
Serviço público - Brasil
Treinamento de pessoal - Brasil
URI: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/22518
Aparece nas coleções:Cadernos da Escola do Legislativo, v. 18, n. 29, jan./jun. 2016

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Resistência a mudanças.pdfResistência a mudanças no serviço público: a visão da área de treinamento e desenvolvimento de pessoas388,42 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.