Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/1259
Idioma: Português (Brasil)
Forma: Artigo
Título: Povos das Minas no século XVIII
Autor(es): Paiva, Eduardo França
Local: Belo Horizonte
Editora: Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais
Data do documento: 2009
Notas: Trancrição editada da palestra e debate ocorridos em 4 de junho de 2008.
Citação: PAIVA, Eduardo França. Povos da Minas no século XVIII. Cadernos da Escola do Legislativo, Belo Horizonte: Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, v. 11, n. 16, p. 23-55, jan./jun. 2009.
Resumo: Resulta da transcrição editada de conferência feita pelo prof. Eduardo França Paiva no Ciclo de Palestras Formação do Povo Mineiro. A conferência abordou a história dos povos que habitaram as Minas Gerais no século XVIII, destacando-se a complexidade daquela sociedade e de sua composição populacional. Os principais pontos da reflexão foram o vigoroso processo de mestiçagens biológicas e culturais ocorrido no período, em uma sociedade escravista, conectando-o a outras regiões americanas, e a extraordinária dinâmica demográfica, urbanística e socioeconômica que fomentou aquele fenômeno. Destaca-se, também, a análise de formas de convivência, de coexistência e de sociabilidade desenvolvidas pelos moradores, assim como o exame das interrelações e das distinções praticadas pelos grupos sociais compostos por brancos, pretos, índios, crioulos, cabras, mulatos e pardos, tanto escravos, quanto libertos e livres, que ora se mesclavam, ora se apartavam completamente.
Resumo em outro idioma: Results from the edited transcription of a conference from the Prof. Eduardo França Paiva in the Ciclo de Palestras Formação do Povo Mineiro. The conference discussed the history of the people that lived in the Minas Gerais in the XVIIIth century, affirming the complexity of that society and its population’s composition. The main points of this reflection were the vigorous process of biological and cultural miscegenation occurred in the period, in a slave society, connecting it to other american regions, and the extraordinary demographic, urban and socioeconomic dynamics which promoted that phenomenon. It also stands out the analysis of the forms of how to live in society, of coexistence and of sociability developed by the residents, as well as the examination of the interrelations and of the distinctions carried on by the social groups composed by whites, blacks, creoles, cabras, mulattos and pardos, as slaves or as freed and freemen, which for times mixed themselves, and for other times separated themselves completely.
Assunto: População - Aspectos antropológicos - Minas Gerais - Século XVIII
Escravidão - Minas Gerais - Século XVIII
ISSN: 1676-8450
URI: https://dspace.almg.gov.br/handle/11037/1259
Número de classificação (CDU): 9:314(815.1)
Aparece nas coleções:História (Memória)
Cadernos da Escola do Legislativo, v. 11, n. 16, jan./jun. 2009

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
0001259.pdfPovos das Minas no século XVIII259,85 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.